ColunaObservatório

COLUNA OBSERVATÓRIO. Prestígio abalado. Este repórter nããão está entre os xeretados pelo sargento do Piratini

Luneta

Prepare-se para ver, a qualquer momento e em qualquer lugar, um candidato a deputado. É a rotina dos próximos dias. E por duas razões.

Uma: o eleitor da boca do monte é numeroso – coisa de, no mínimo, 145 mil votos válidos e, claro, nada desprezíveis.

Outra: os candidatos competitivos da cidade, que ao longo do percurso tiveram que sair daqui para uma votação suplementar (ou, no caso dos federais, mais que isso), agora se dedicam quase 100% a Santa Maria.

Nessa condição, sem entrar na questão partidária, estão no mínimo oito candidatos. Não mais que isso, porém.

Quem está bem na foto da política local é Maria de Lourdes Castro. Em primeiro mandato, tem sido protagonista – goste-se ou não do que ela defende.

Agora, no processo eleitoral, inteiramente envolvida na campanha de Eliseu Padilha à reeleição para a Câmara dos Deputados, tem impressionado o chefe.

Há quem diga que isso possa ter um significado futuro, no âmbito do PMDB – que tende a ser politicamente controlado pelo deputado já em dezembro, não importando o resultado da eleição da próxima semana.

É estarrecedor saber que alguém, dentro do Palácio Piratini, consiga xeretar tanta gente, inclusive parceiras políticas. É o tal Caso do Sargento. Que terá repercussões pós-eleições, com certeza.

Até mesmo um punhado de jornalistas (e diretores de veículos de comunicação) teve a vida bisbilhotada. Ah, este repórter não está na lista. Dizem.

O prefeito, pela terceira ou quarta vez, silenciou na hora de sancionar uma lei aprovada pela Câmara. Agora foi a que obriga lan-houses e etc a exigir identidade dos usuários, além de manter data e hora do uso dos terminais.

Sobrou, como manda a regra legal, para o presidente da Câmara, Paulo Airton Denardin, promulgar a lei e torná-la, portanto, vigente.

Cá entre nós, pode até ser politicamente aceitável. Mas, como cidadão, gostaria que o prefeito dissesse sim ou não. E decidisse. Ponto.

Você pode seguir o colunista no Twitter (@claudemirpe) e no www.claudemirpereira.com.br (recorde de 773 mil acessos em agosto). Ah, também pode ouvi-lo às 7h50, e ao meio dia, na rádio Antena 1.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Esse reporter se acha mesmo o Rei da Cocada,ora se vai estar sendo monitorado pelo Sargento,isto tudo aqui pelo que leio e observo não passa de um site partidario do PT,o que é uma pena. (NOTA DO SÍTIO – pena que o leitor não entendeu a brincadeira)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo