ColunaObservatório

COLUNA OBSERVATÓRIO. Isso é história! São Martinho definha. E morre o Padre Sório

Isso é história!

 “1899, 26 de julho – Em sessão do Conselho Municipal de S. Martinho, o conselheiro Gabriel José de Oliveira denuncia o movimento tendente a esfacelar o município. Começam aqui a desenrolar-se os acontecimentos que culminarão na extinção do mo município.

7 de dezembro – Chegam a S. Maria, a fim de fundar um núcleo da Igreja Episcopal Brasileira, o bispo Lucien Lee Konsolving e o reverendo James Wattson Morris.

29 de dezembro Morre, em Silveira Martins, o vigário padre Antônio Sório, cuja morte violenta tem provocado discussão em torno de sua verdadeira causa.”

(Do volume 1 – 1877-1930 do livro “Cronologia Histórica de Santa Maria…”, de Romeu Beltrão, editado em 1958)

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

6 Comentários

  1. Paulo,
    você já leu sobre a metodologia, e quantos são pesquisados Brasil afora, e em quantas cidades são feita as pesquisas? Claro que não neh! Se soubesse não estaria ai exaltando tudo isso. Mas tudo bem, me engana que eu gosto, risos

  2. Boa tarde.
    Meu caro Paulo, se mataram o padre Sório eu não sei, mas fizeram um genocídeo com a esperança das pessoas de boa de boa fé que acreditaram em muitos politicos do Partido dos trabalhadores.

  3. Boa tarde.
    Esse história trágica do Padre Sório é por demais intrigante. Li uma reportagem que dizia que o padre não era de algodão. Também conheci um outro que não foi morto tragicamente, mas que deixou sua fama na fronteira Oeste do Estado. Conta a leganda que retiraram os “documentos” de um padre famoso aqui da Boca do Monte, lá por São Martinho, em meados do século passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo