CongressoPolítica

CONGRESSO. Pimenta homenageado por 350 pronunciamentos em 9 anos na Câmara

 

Pimenta, com Rita de Cássia: primeiro pronunciamento tinha Lula como tema

É considerado um feito, pelo Departamento de Taquigrafia da Câmara dos Deputados. Tanto que vale uma homenagem, como a recebida pelo santa-mariense Paulo Pimenta (PT). O registro é da assessoria de imprensa do parlamentar, com foto de Fabrício Carbonel. Confira:

Câmara dos Deputados homenageia Pimenta 

Atual Presidente da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional, o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) recebeu um presente especial do Departamento de Taquigrafia (DETAQ) da Câmara dos Deputados pela marca de 350 pronunciamentos em plenário. A coleção contém três volumes e foi entregue pela chefe do DETAQ, Rita de Cássia Botelho.

Segundo dados da Taquigrafia, o deputado Pimenta mantém uma média de um discurso por semana, tendo como base as restrições do Regimento Interno que, por exemplo, restringe o uso do Grande Expediente em, no máximo, três vezes por semestre, e considerando o número de sessões em um ano.

Os arquivos da Câmara dos Deputados registraram o primeiro pronunciamento de Pimenta em 02/02/2003, um dia após ter tomado posse, pela primeira vez, como deputado federal, e pouco mais de dois meses depois de Lula ter sido eleito Presidente do Brasil. Naquela oportunidade, Pimenta afirmou: “O governo Lula iniciará nova página na vida do povo brasileiro”.”

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo