Câmara de VereadoresPolíticaPrefeituraSanta MariaTragédia

CPI DA KISS. Já que não conseguiram matá-la ao nascer, agora governistas pregam eutanásia na prática

Se depender da CPI governista, depoimento de Manica, nesta quarta, é o último. Até junho...
Se depender da CPI governista, depoimento de Manica, nesta quarta, é o último. Até junho…

Desligar os aparelhos. Fazer a paciente morrer. Ela que, afinal, nem deveria nascer e só veio ao mundo porque a oposição insistia em pari-la. Mas já que nasceu, e permaneceu doente até agora, dada a absoluta inanição, submetida a um regime de fome total, pois não foi alimentada como deveria e como os parentes (sem trocadilho) gostariam, o jeito é exterminá-la. Mas não de uma tacada só, porque aí o crime poderia ser percebido.

Então, o que fazer? Ora, a eutanásia. Desligam-se os aparelhos e, por 30 dias, não se dá mais um mísero comprimido. Depois, quando a paciente já estiver com morte cerebral, dá-se-lhe algumas gotinhas (de preferência um depoimento amigo, como a quase totalidade até agora). Com o perdão da analogia infame (ou alegoria, para usar uma palavra da moda), é mais ou menos essa a receita dos governistas para a CPI da Kiss – que não queriam, mas como era inevitável, preferiram chamar de sua.

O diabo é que o “dr Werner (C)” não ficou muito contente com a alegórica eutanásia. E não só ele
O diabo é que o “dr Werner (C)” não ficou muito contente com a alegórica eutanásia. E não só ele

O diabo é que, de repente, a coisa pode ficar feia. Já imaginou se os familiares das vítimas, que já falaram em necessidade de “contundência”, resolvem endurecer o jogo? Não, não. Nananinanão. Melhor matar a paciente, ops, a CPI, de uma vez. Está bem, o editor está vendo chifre em cabeça de burro. É? Então, tá.

Vamos fazer o seguinte: leia o texto de Luiz Roese, publicado no portal Terra, com a devida atenção, e tenta você também, digamos, “alegorizar”. Quem sabe não concorda com o editor. Quem sabe. Ah, as fotos são de Carolina Bonoto, da assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores. A seguir:

Boate Kiss: CPI deve suspender os depoimentos em maio

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Vereadores de Santa Maria (RS) que investiga a tragédia da boate Kiss deve suspender os depoimentos durante o próximo mês. A intenção foi anunciada na manhã desta quarta-feira pela relatora da CPI, vereadora Sandra Rebelato (PP), que solicitou a suspensão das oitivas em maio para possibilitar a análise de documentos. “Temos um volume muito extenso de documentos para analisar”, disse Sandra. 

O pedido não foi bem recebido pelo vereador Werner Rempel (PPL), líder da Oposição. “No meu ponto de vista, existem muitas dúvidas. É um prejuízo muito grande parar os depoimentos agora”, declarou Rempel. O advogado da Associação de Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), Jonas Espig Stecca, que faz parte da mesa da CPI, também não gostou do adiamento. “Acho demasiado o prazo de 30 dias para suspender porque há uma série de pessoas que não foram ouvidas e são essenciais para o trabalho da CPI. Ainda há muitos pontos pendentes”, comentou Stecca. 

A vereadora Sandra Rebelato sustentou sua posição por causa da data estipulada por ela para que a CPI conclua seus trabalhos: 1º de julho. E acrescentou: “Se for preciso, em junho faremos oitivas todos os dias”. A presidente da CPI, vereadora Maria de Lourdes Castro (PMDB), tentou apaziguar os ânimos, decidindo que serão realizados ainda os depoimentos já programados e que, depois, as oitivas serão suspensas. De acordo com o regimento da Câmara, a CPI, instalada em 5 de março, tem 90 dias, prorrogáveis por mais 30 dias, para concluir os trabalhos. O relatório final da comissão, formada somente por vereadores da base aliada do prefeito Cezar Schirmer (PMDB), depois vai a votação em plenário, onde o chefe do Executivo santa-mariense também tem maioria…” 

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

19 Comentários

  1. flávio… sobrenome (sic) /// uma mensagem tão agressiva assim é muito estranha ñ é verdade? /// o pq ser tão agressivo? /// o q esconde? /// tu sabes do q estamos falando aqui /// escreve isso para as famílias das vítimas? /// quanta falta de sensibilidade /// mas tem coisas q só o ip do computador da pessoa revelam /// no caso revelam seu id /// flávio… sem sobrenome (sic) /// nome flávio? /// não, é claro /// q postura /// é de indignar a todos aqui /// se esconder no “flávio” ///

  2. Não posso acreditar que tem pai de vitima,cc do prefeito se prestando a este tipo de absurdo,repassar p
    ara a prefeitura,assuntos tratados pela associação.

  3. Alguém sabe dizer onde foi parar a caixa d’agua que existia no antigo prédio ao lado da Câmara de Vereadores demolido para construção do novo prédio da CV? Estará em algum bairro da cidade ou terá ido para em algum distrito? Se houve doação, era possível/legal e quem a fez? Quem era presidente do parlamento em 2011? São perguntas, apenas perguntas. Quem souber que responda e contribua

  4. Alguém sabe dizer onde foi parar a caixa d’agua que existia no antigo prédio da Câmara de Vereadores? Estará em algum bairro da cidade ou terá ido para em algum distrito? Se houve doação, era possível/legal e quem a fez?

  5. Um VIVA e vários SALVES a liberdade de expressão e ao direito de opinião. Só assim nos leitores estamos tendo acesso a notas que vão ao centro da questão, sem floreios,salamaleques, tergiversações e o que é pior, omissão.

  6. Que o Flávio explique seus argumentos para os pais dos 241 jovens que pereceram na boate. É hipocrisia o sofrimento das famílias?

  7. vamos com calma, querem falar em eutanásia. Absurdo tem gente que fala de mais… quando virem a morrer um cachão para o corpo e um trem para a linguá… Vamos aguardar o fim da CPI e respeitem os parlamentares seus hipócritas… Vão fazer algo de bom para a sociedade seus linguarudos, enquanto vcs ficam criticando e prejudicando Santa Maria tem gente trabalhando e infelizmente não são vcs pq quem critica não faz…

  8. Na CPI da Farsa os outros governistas ¨espertos¨ colocaram as colegas que tinham de pior para compor a CPI.
    Uma pagou para manter-se no cargo de vereadora, pois a justiça foi mais uma vez branda com a utilização da máquina da prefeitura.
    A outra é dissimulada e esperta.
    O terceiro não existe. Não fala, não pergunta. É apenas um corpo presente.
    É lamentável a posição da Associação das Vítimas.
    Ela tem que denunciar o esquema governista, sob pena de ser cúmplice desta farsa.
    Aliás, fale-se na sociedade santamariense que tem um diretor da Associação das Vítimas que é CC (cargo de confiança) do prefeito.
    Que tem visibilidade grande pública, falando em nome da mesma. E que leva as discussões internas da Associação para a prefeitura.
    Isto é verdade???
    Se for, esta pessoa tem que se afastar da direção da Associação, pois a mesma tem que ser independente da prefeitura, que manipula a CPI da Farsa.

  9. O discurso de ontem para hoje mudou. Conforme o Diário, divergiram a presidente e a relatora sobre a suspensão dos depoimentos. A presidente teria dito que vão continuar os depoimentos de quem foi chamado e não veio. Hum, tá bom! Ouso afirmar que não houve tal divergência, mas sim, um recuo tático na estragégia de abafamento.

  10. Vejam ao ponto que chegam os politicos até de tirar o poder do supremo, para absolver eles, apesar que os ministros do supremo são todos indicados pelos politicos e até ajudam eles, salve a ditadura.

  11. Imagino a dificuldade do gestor deste site com esta postagem.
    O vocabulário e adjetivos para este ato devem estar porvocando inumeras censuras.
    Como ei que NOJENTO não é bloqueado, pois já usamos e passou, será este o adjetivo para este ato da CPI.
    O sr. Mânica CONFESSA que existem problemas e a CPI PARA! Quando deveria aprfundar, afinal alguem do lado do prefeito afirma haver problemas, a CPI se atrapalha e pede tempo!
    Como assim que irao para para escrever o elatório?
    e a turma do ATESTADO, tinha que averiguar estes atestados que podem ser fajutos.
    Um secretario ja voltou, chegou a ir fazer firula na Câmara, tem foto com a DE Lourdes e o cara tá de lombo liso!
    Choramos a morte de 241 pessoas, estamos triste pelas demais vítimas que lutam para se recuperar, amparamos os familiares e este TRIO faz isto?
    Suspende. Foram suspensões que a prefeitura teve, E TEM, que provocam a morosidade e enroalção, que INFELIZMENTE, leva ao empresário começar a funcionar.
    A CPI poderia ajudar a resolver isto, detectando problemas e ajudando a construir solução.
    Na ânsia de proteger o prefeito este trio se submete a este vexame chamado CPI. A que preço?

  12. A CPI é o reflexo da prefeitura.
    Ela esta se comportando EXATAMENTE da maneira do que esta investigando!!!!
    A enrolarão, o deixar para depois, o esperar,… Foi isto que ajudou a acontecer a Kiss.
    Foi dar tempo, esperar documentos,…
    Lamentável a postura destes vereadores.
    Lógico que esta suspensão vai se somar aos prazos.
    Nojento.

  13. pizza, pizza, é isto em que vai acabar esta farsa montada ate então pelos nossos integros vereadores. aapos o resultado ja pré estabelecido santa maria mais uma vez ficara com seu nome nacionalmente manchado, isto é uma pouca vergonha

  14. Não é de se estranhar nada, pois muitas coisas acontecem com edis se lixando para a opinião pública!

    A Relatora da CPI sob pretexto de ir a Brasília buscar informações sobre a tragédia ocorrida em Santa Maria acabou faltando a sessão plenária ordinária do dia 11 de abril.

    Todavia, posteriormente, a própria vereadora disse na tribuna que neste dia, estava era na convenção nacional do seu partido! Diz o site da camara: ” Registrou que, no dia 11 de abril, participou da Convenção Nacional do Partido Progressista, quando aconteceu a posse como presidente do PP, Senador Ciro Nogueira.” http://www.camara-sm.rs.gov.br/index.php?conteudo=noticia&id=1212

    PERGUNTAR NÃO É ACUSAR! Deveria ou não ter ganho falta e ter 1/30 descontados do seu salário, pois estava em agenda de interesse político partidário? Afinal foi para a convenção sob pretexto de ir buscar informações? o fato de não ter pego diárias não demonstra que estava claro o intuito de ir para compromisso partidário mesmo que a justificativa tenha sido a Kiss? É justificável esta falta?

    Qual tua opinião Claudemir?

  15. Não é de se estranhar nada, pois muitas coisas acontecem com edis sambando na cara do povo e da tragédia e passa batido, por vezes até do atento e inteligente editor deste sítio.

    Quer um exemplo?

    A Relato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo