Claudemir PereiraJornalismo

ADEUS, 2013. Uma gravação assombrava a política político de Santa Maria: a nota mais acessada do ano

O áudio propriamente dito só se tornaria público dias depois. Mas aquela sexta-feira foi particularmente quente na política santa-mariense. Afinal, se confirmava informação que o síti publicara, na seção “Luneta Eletrônica”, dois dias antes: sim, havia uma gravação (pelo editor chamada “assombrada”. Sim, ela envolvia vereadores integrantes da CPI da Kiss. E, sim, ela desnudava completamente os interesses dos governistas em relação à comissão. Aliás, interesse algum, pelo menos de descobrir se a prefeitura tinha ou não cometido algum erro em relação à boate incendiada e que mataria 242 jovens.

A confirmação da existência da gravação, porém, foi suficiente para tornar a nota que dava conta disso, publicada na madrugada de 22 de junho, um sábado, aquela que seria a mais acessada do ano, no www.claudemirpereira.com.br. Quer reler? A seguir:

SIM, ELA EXISTE. Gravação de conversa na Camara, sobre a CPI da Kiss, já está na polícia. E é uma bomba

Sim, o áudio existia e envolvia edis. E sim, desnudava os interesses do governo na CPI da Kiss
Sim, o áudio existia e envolvia edis. E sim, desnudava interesses do governo na CPI da Kiss

O tema foi tratado, pela primeira vez, aqui mesmo no sítio, na ‘Luneta Eletrônica’ de duas madrugadas atrás. E, agora, se confirma. Sim, EXISTE uma gravação. Sim, ela é uma bomba. Sim, ela terá consequências (senãojurídicas) políticas sérias. A que ponto? Bem, isso ainda não se sabe, mas não é pouca coisa, não.

A propósito, vale a pena ler reportagem que o jornal A Razão está trazendo neste final de semana. O texto original (pode ter havido edição, o que ainda não tenho condições de dizer, mas é algo normal no processo industrial de um jornal) é este. Seu autor, o ótimo Luiz Roese. Confira:

Gravação agita os bastidores da CPI da Kiss

A gravação de uma conversa entre dois integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Vereadores sobre a tragédia da Boate Kiss promete agitar o cenário político de Santa Maria nos próximos dias e pode até ter consequências na esfera policial. O advogado da Associação de Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria, Jonas Espig Stecca, promete tomar providências a respeito do que ouviu.

A gravação, que mostra a conversa entre dois vereadores que integram a CPI da Kiss, foi feita no início de abril, logo depois do ingresso do advogado da AVTSM na mesa de trabalho da comissão. Em determinado momento, um…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo