JudiciárioSanta MariaTragédia

KISS. Já há datas para audiências com testemunhas. Elas, se mentirem, correm o risco de ser processadas

Juiz Lousada no depoimento de vítima. Agora, as testemunhas (foto Luiz Roese/Arquivo)
Juiz Lousada no depoimento de vítima. Agora, as testemunhas (foto Luiz Roese/Arquivo)

Primeiro, a diferença. Das mais de 100 pessoas ouvidas até agora, todas sobreviventes da tragédia de 27 de janeiro, nenhuma dela era, digamos, compromissada. Não será o caso das 71 testemunhas a ser ouvidas na próxima fase do processo criminal da Kiss – conduzido pelo juiz Ulysses Lousada. Nessa condição, se não disserem a verdade (e isso for comprovado), poderão ser processadas

Assim, entra-se numa etapa mais decisiva do julgamento dos quatro acusados por homicídio doloso. E as audiências, inclusive, já têm data, como você pode conferir no material que o jornal A Razão está publicando em sua edição desta terça-feira. A reportagem é de Tiago Baltz. A seguir:

kiss seloKiss – Testemunhas de acusação irão depor a partir de maio

Estão marcados para os dias 22, 23 e 30 de maio e 10 de junho as primeiras audiências onde serão ouvidas testemunhas do processo criminal da tragédia da Boate Kiss.

Segundo decisão do juiz Ulysses Fonseca Louzada, da 1ª Vara Criminal de Santa Maria, as 16 pessoas indicadas pela acusação iniciarão a fase de testemunhas do processo. Uma delas será ouvida em Alegrete, em data a ser definida. Onde os ouvidos prestarão juramento perante o juiz. Até agora, foram ouvidos 110 sobreviventes da tragédia de 27 de janeiro de 2013.

Ainda prestarão depoimentos testemunhas de defesa dos quatro réus e peritos. Os sócios da Kiss, Elissandro Spohr, o Kiko, Mauro Hoffmann, e os músicos da banda Gurizada Fandangueira, Marcelo de Jesus dos Santos, e Luciano Bonilha Leão, são processados por 242 homicídios dolosos e mais de 600 tentativas de homicídio.

O juiz Louzada ainda ontem deu prazo aos representantes de defesa e acusação para que se manifestem, no prazo de 10 dias, pelo interesse, ou não, na realização da perícia das amostras que foram retiradas da Kiss em 11 de março. Até agora, a defesa de Kiko já indicou um assistente técnico, deixando claro que deseja submeter às amostras recolhidas à perícia oficial.”

PARA LER OUTRAS REPORTAGENS DE ‘A RAZÃO’, CLIQUE AQUI

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Mais ou menos. Falso testemunho necessita de dolo específico. Sujeito pode ter uma impressão diferente dos fatos e não estar mentindo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo