ColunaObservatório

OBSERVATÓRIO. O nascimento do 1º Intendente

Isso é história!

21 de setembro de 1838 – Nasce, em Rio Pardo, Francisco de Abreu Valle Machado, intengrante da primeira Comissão Intendencial de Santa Maria e primeiro intendente municipal, no advento da República.

Dezembro de 1838 (sem data determinada) – Chegam à povoação os alemães André Beck, Pedro Cassel e Francisco Weinmann. O primeiro era tamanqueiro e depois se estabeleceu com casa comercial à Rua Pacífica, hoje Dr. Bozano, esquina da Serafim Valandro. Pai de Ernesto, André e Jacó. O segundo era alfaiate e depois comerciante, não tendo deixado descendência. O terceiro abriu casa comercial à esquina da Rua Pacífica, hoje Dr. Bozano, com Floriano Peixoto. Pai de Pedro, Carlos, Francisco, João e Luiz. As filhas casaram-se: Malvina com Pedro Nagel, Josefina com Henrique Druck, Elisa com Carlos Haag, Leopoldina com Eugênio Veríssimo da Fonseca e Carolina com Kurt Vicente Daberkow (pais de Títia Ribas, casada com Augusto Ribas.”

(Da terceira edição do livro “Cronologia Histórica de Santa Maria e do extinto município de São Martinho”, de Romeu Beltrão)

PITACO DO COLUNISTA: nota-se, claramente, pelos registros do autor, a importância da imigração alemã para Santa Maria.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo