OBSERVATÓRIO. A morte do coronel Valença

Isso é história!

30 de janeiro de 1866 – Morre o Cel. José Alves Valença no Acampamento Geral Brasileiro de Laguna Brava ou em Corrientes, que fica próxima.

Sofria de “forte estreitamento da uretra e prostatite”, segundo atestado médico de 6.5.1865, e estava em tratamento em Santa Maria quando os paraguaios tomaram São Borja. Interrompeu o tratamento e foi assumir o comando de uma força que marchava para Alegrete…

…Assistiu à rendição paraguaia e a 25.12.1865 marcou para Corrientes à frente da 4ª Brigada de Cavalaria.

Já bastante doente, não resistiu e faleceu em Corrientes ou no Acampamento Geral Brasileiro de Laguna Brava. Consta ter sido sepultado em Corrientes. Seus restos mortais não foram repatriados, como aconteceu com os de Niederauer.

Substituiu-o no comando da 4ª Brigada o bravo Cel. Manuel de Oliveira Bueno e no comando supremo da Guarda Nacional de Santa Maria da Boca do Monte o Ten.-Cel João Niederauer Sobrinho.”

(Da terceira edição do livro “Cronologia Histórica de Santa Maria e do extinto município de São Martinho”, de Romeu Beltrão)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *