Claudemir PereiraInternet

DO FEICEBUQUI. O que nasce de um PIB grávido, a escolha dos amigos, a ‘democracia’ na AL e a vidraça

O editor tem publicado observações curtas (ou nem tanto) no seu perfil do Feicebuqui que, nem sempre, são objeto de notas aqui no sítio. Então, eventualmente as reproduzirá também para o público daqui. Como são os casos desses textos, que foram postados na rede social nas últimas horas – um deles do colega Carlos André Dominguez. Confira:

ESQUEÇAMOS…

…(como se fosse possível) o que está acontecendo fora do Palácio Farroupilha.

Fiquemos com o que ocorre dentro. Pelos relatos dos que lá estão, um pacote de projetos da maior importância, que impacta firmemente na vida de todos os gaúchos, é decidido por deputados que se revezam em discursos, mas sem a presença do povo. Meia dúzia de iluminados sem pressão alguma, pró ou contra, como se deve, num ambiente livre, se debruça sobre, por exemplo, proposta que institucionaliza o parcelamento salarial.

Degradante para a democracia. É o que penso, cá com meus escassos cabelos.

Sobre o lado de fora? A foto fumacenta abaixo (do Feicebuqui do jornalista André Pereira) explica um pouquinho.

feicebuqui-assembleiaAMIZADES…

…são importantes. Para tomar uma cerveja, contar segredos, confraternizar e até para momentos de solidariedade.

Não me parece adequado, porém, para ser assessor ou funcionário, se não for, além de amigo, muito competente.

Demitir, depois, fica muito mais complicado.

PS. Os entendidos entenderão. Espero.

ATENÇÃO, GENTES…

…que até outro dia eram estilingue: em poucos dias virarão vidraça. Há quem até já tenha se tornado.

Melhor se acostumar. Dói menos!

A GRAVIDEZ…

…do Produto Interno Bruto, flagrada pelo Cadré Dominguez:

“Antes o PIB “despencava”, agora ele tem “contração”, e eu nem sabia que PIB engravidava… Esse daí vai parir a menina recessão”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Fatos são fatos. Pelo que consta foram distribuídas senhas para ocupação das galerias. Pouco menos de 200, metade contra e metade favorável ao pacote. Porque dar acesso a pessoas que arrancam pedras do calçamento para jogar nos brigadianos é pedir para votar nada. Democracia é votar só o que interessa a alguns.
    PIB “despencar” é comum para jornalistas. “Contração” é mais utilizado por economistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo