ESTADO. Pesquisa Methodus indica Leite (28%) líder. Depois: Sartori (22%), Rossetto (12%) e Jorge (9,5%)

ESTADO. Pesquisa Methodus indica Leite (28%) líder. Depois: Sartori (22%), Rossetto (12%) e Jorge (9,5%)

ESTADO. Pesquisa Methodus indica Leite (28%) líder. Depois: Sartori (22%), Rossetto (12%) e Jorge (9,5%) - leite

Eduardo Leite, o candidato tucano ao Palácio Piratini lidera também no levantamento espontâneo, seguido de Sartori, Rossetto e Jorge

Da redação do site da TV Bandeirantes-RS, com imagem de Divulgação

A última pesquisa do Instituto Methodus antes do primeiro turno das eleições aponta Eduardo Leite, do PSDB, como líder da disputa pelo Palácio Piratini. O tucano tem 28,18% das intenções de voto. O atual governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, do MDB, soma 22,51%.

Ainda no cenário de pesquisa estimulada, em que os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados, Miguel Rossetto, do PT, tem 12,21%; Jairo Jorge, do PDT, 9,5; Mateus Bandeira, do NOVO, chega a 2,77%; Roberto Robaina, do PSOL, conta com 1,32% das intenções de voto; Julio Flores, do PSTU, tem 1,19%; Paulo de Oliveira Medeiros, do PCO, não chega a 1%.

Brancos e nulos contabilizam 10,69% dos entrevistados, enquanto não sabem ou preferem não responder 11,35%.

A pesquisa foi contratada pela Band RS e registrada no TSE sob o protocolo RS-08734/2018. O Instituto Methodus ouviu, de 28 de setembro a 03 de outubro, 1.500 pessoas. A margem de erro é de 2,5 pontos porcentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

Já no cenário espontâneo, em que os nomes dos candidatos não são apresentados, Eduardo Leite, do PSDB, alcança 20%; José Ivo Sartori, do MDB, tem 16,9%; Miguel Rossetto, do PT, conta com 8,18% das intenções de voto. Jairo Jorge, do PDT, tem 5,41%; Mateus Bandeira, do NOVO, 1,72%; Roberto Robaina, do PSOL, Julio Flores, do PSTU, e Paulo de Oliveira Medeiros, do PCO, não chegaram a 1%.

Brancos e nulos representam 9,50% dos entrevistados, já 37,76% não sabem ou não responderam.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI .



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *