CIDADANIA. Documentário que conta história de 30 anos de luta do Sinprosm já está online. Assista AQUI!

CIDADANIA. Documentário que conta história de 30 anos de luta do Sinprosm já está online. Assista AQUI!

CIDADANIA. Documentário que conta história de 30 anos de luta do Sinprosm já está online. Assista AQUI! - sinprosm-smvc

Celma Pietczak no lançamento do documentário no SMVC, com Alexandra Zanella (SMVC) e Daiane Bedin (Toca Audiovisual)

Por PAULO ANDRÉ DUTRA (texto e foto), da Assessoria de Imprensa do Sinprosm

A história de lutas do Sindicato dos Professores Municipais de Santa Maria virou filme. O documentário “Sinprosm: 30 Anos”, resultado da parceria da entidade com a Toca Audiovisual, está disponível na página do Sinprosm no YouTube no endereço https://youtu.be/n8br-U6eJeE.

VOCÊ PODE TAMBÉM ACESSAR DIRETO, AQUI:

 

Com direção de Fabrício Koltermann, direção de fotografia de Bruno Fenner, montagem de Daiane Bedin e roteiro de Paulo André Dutra, o filme recupera jornais, documentos, imagens e relatos de lideranças sindicais com atuação no sindicato e a perspectiva de novos professores da rede para o futuro da luta.

Colaboraram as professoras Rosmari Pedrollo, Suseti Flores, Circe Rocha, Rúbia Brum, Martha Najar, Zilá Pozzobon, Leda Marzari, Cristina Rigão, Vera do Monte, Celma Pietczak, Juliana Moreira, Daniele Barros e Aline Pegoraro. A secretária Eva Maria Trindade, com quase 30 anos de serviços prestados à entidade, também é personagem do documentário.

O documentário foi lançado durante a programação oficial do Santa Maria Vídeo e Cinema, festival que a entidade co-promoveu. “Devemos valorizar o que nós temos hoje, os direitos adquiridos, aquilo que conseguimos enquanto categoria e trabalhadores, porque houve uma história de luta que nos antecedeu. Essa é a história que foi rememorada e resgatada neste documentário”, destacou a coordenadora de Comunicação e Formação Sindical, Celma Pietczak na abertura da sessão. O momento histórico em que o Sinprosm completa 30 anos, em que se faz necessário reafirmar a importância da cultura, dos sindicatos, da organização social e da democracia, indica que a educação e as diversas formas de manifestações culturais precisam estar unidas para a defesa dos direitos, segundo ela.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *