RETROSPECTIVA 2019. ‘Hanguistas’ brabos e ataque homofóbico à profe Luci, 10ª nota mais lida deste ano

RETROSPECTIVA 2019. ‘Hanguistas’ brabos e ataque homofóbico à profe Luci, 10ª nota mais lida deste ano

RETROSPECTIVA 2019. ‘Hanguistas’ brabos e ataque homofóbico à profe Luci, 10ª nota mais lida deste ano - retro-10

Após ser insultada, vereadora pedetista Luci Duartes fez postagem afirmando que não se calará, “nem diante de tamanha falta de respeito”

Mais adiante, nessa Retrospectiva 2019 (que começa hoje e vai até o primeiro dia do novo ano), o leitor perceberá: Luciano Hang foi personagem constante em Santa Maria neste ano. E nem sempre positivamente, alias. É o caso da nota abaixo, que mostra o quanto podem ser fascistas uns e outros.

A vítima foi a vereadora pedetista Luci Duartes, atacada por “hanguistas”, e a notícia disso tudo, publicada na madrugada de 14 de novembro, uma quinta-feira, foi a 10ª mais acessada do ano, no www.claudemirpereira.com.br. E é a que você relê, se desejar, a seguir:

INTERNET. Vereadora Luci Duartes é alvo de ataques homofóbicos após se manifestar contra Luciano Hang

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Allysson Marafiga/AICV), da Equipe do Site

A vereadora Luci Duartes – Tia da Moto (PDT) é alvo de inúmeros ataques homofóbicos nas redes sociais. As ofensas surgiram após a parlamentar divulgar no Facebook vídeo do seu discurso, na tribuna da Câmara, repudiando o empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan.

No discurso, proferido logo no início da sessão plenária de terça (12), a pedetista relatou ter se retirado da inauguração da loja, no sábado (9), tão logo Hang começou a insultar as universidades públicas (AQUI).

“Foi com certeza uma das maiores agressões que, eu com 60 anos, vi de um forasteiro, que com certeza saiu daqui dando risada da nossa cara e dizendo que os babacas de Santa Maria vão gastar seu dinheiro comprando os seus materiais importados”, afirmou Luci.

O vídeo viralizou após ser publicado na fanpage de Luiz Henrique Barbudinho (PDT), assessor do deputado federal Pompeo de Mattos (PDT). Foram mais de 9,2 mil curtidas, 7,7 mil compartilhamentos e 2,9 mil comentários.

Nem todas as interações eram de apoio à manifestação da vereadora. Alguns comentários foram grosseiros e levianos, zombando tanto da orientação sexual da parlamentar quando de sua aparência e postura.

Na quarta (13), Luci fez uma nova publicação lamentando os ataques preconceituosos. Ela disse que não se calará.

“Como, se não, possuir os mesmos pensamentos e conceitos pudessem me tornar uma pessoa anormal? Mas nem diante de tamanha falta de respeito me calarei, perante golpes baixos como os que estou sofrendo”, postou Luci…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *