AssembleiaEstadoJudiciárioPolítica

ESTADO. A partir desta segunda, novos comandos no Tribunal de Justiça e na Assembleia Legislativa gaúcha

Voltaire de Lima Moraes terá mandato de dois anos no Tribunal de Justiça. Ernani Polo ficará um ano no comando da Assembleia

Do site do Correio do Povo, com texto de GUSTAVO CHAGAS (Rádio Guaíba) e fotos de Reprodução de ALINA SOUZA (CP) e VINÍCIUS REIS (AL)

A segunda-feira será de mudança no comando de dois poderes públicos do Estado do Rio Grande do Sul. No turno da manhã, assume o novo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ernani Polo (PP). Já à tarde, o desembargador Voltaire de Lima Moraes assume a presidência do Tribunal de Justiça (TJ).

Assembleia Legislativa

Natural de Ijuí, Ernani Polo começou a carreira política como assessor de deputados do PP. O parlamentar foi vereador e presidente da Câmara Municipal de Santo Augusto no início dos anos 2000. O progressista foi eleito deputado estadual nos anos de 2010, 2014 e 2018. No governo de José Ivo Sartori (MDB), ocupou a Secretaria da Agricultura.

Na presidência da Assembleia Legislativa, Polo substitui o deputado Luís Augusto Lara (PTB). Os mandatos no comando do parlamento gaúcho são divididos, em rodízio, entre as quatro maiores bancadas de cada legislatura. Gabriel Souza (MDB) e Valdeci Oliveira (PT) devem assumir a Assembleia nos anos de 2021 e 2022, respectivamente.

A cerimônia de posse de Ernani Polo está marcada para começar às 9h30min. O ato será realizado no Plenário 20 de Setembro, com recepção no Salão Júlio de Castilhos.

Tribunal de Justiça

O desembargador Voltaire de Lima Moraes será empossado para comandar o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul pelos próximos dois anos. O magistrado é natural de Cachoeira do Sul e iniciou a carreira jurídica no Ministério Público. Moraes é desembargador desde 1998, com foco destacado nas áreas de processo civil, direito do consumidor e meio ambiente. Entre os anos de 2010 e 2012, foi 2º Vice-Presidente do TJRS.

Além do magistrado, tomam posse na administração do Poder Judiciário no Estado três vice-presidentes e uma corregedora. As vice-presidências ficarão sob o comando de Liselena Schifino Robles Ribeiro, Ícaro Carvalho de Bem Osório e Ney Wiedemann Neto. Já a Corregedoria-Geral da Justiça será liderada pela desembargadora Vanderlei Teresinha Tremeia Kubiak.

A posse de Voltaire de Lima Moraes será realizada às 14h no Plenário Ministro Pedro Soares Muñoz, localizado na sede do Tribunal de Justiça.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo