JornalismoMídia

MÍDIA. Chegada da CNN Brasil movimenta mercado brasileiro de televisão na antevéspera de entrar no ar

No Rio Grande do Sul, Bruna Ostermann, oriunda do SBT-Porto Alegre, está confirmada como a correspondente da CNN Brasil

Do site especializado Comunique-se, com texto de ANDERSON SCARDOELLI e foto de Divulgação

Com evento de lançamento voltado à imprensa e ao mercado programado para a próxima semana e estreia definida para 15 de março, a CNN Brasil segue apresentando novidades. A marca noticiosa chega agitada ao mês em que promete entrar no ar para valer na TV por assinatura e em outros canais. Somente nos últimos dias, foram confirmadas as contratações de mais quatro jornalistas. Além disso, há acerto para exibição de atração internacional e acordo com mais uma empresa de distribuição.

Na parte de reforços, a CNN Brasil tem investido em ampliar a presença de mulheres na redação. Sobretudo na função de repórter. Com essa estratégia, o futuro canal tirou a premiada Basília Rodrigues da CBN. Ela, que estava na emissora radiofônica do Grupo Globo havia 12 anos, integrará a equipe de reportagem a ficar baseada na sede do projeto no Distrito Federal. Com isso, a jornalista poderá seguir com a frase que virou bordão: “de Brasília, Basília Rodrigues”.

“Aproveitando o embalo de carnaval, o trecho de uma música não sai da minha cabeça desde que tomei a decisão de sair, uma semana atrás: “Antes de me despedir, deixo ao sambista mais novo, o meu pedido final. Não deixe o samba morrer, não deixe o samba acabar. O morro foi feito de samba, de samba pra gente sambar”. Então, vou ali curtir outras rodas de samba mas seguir na mesma melodia da notícia, que eu aprendi com todos vocês que fazem a Rede CBN existir: operadores de som, motoristas, auxiliares de limpeza, assistentes administrativos, produtores, repórteres, editores, chefes, gerentes e estagiários – da rádio que toca notícia”, publicou Basília Rodrigues em seu perfil no Facebook ao se despedir da Central Brasileira de Notícias.

Repórteres e apresentadora

Basília Rodrigues não foi a única repórter vinda de outro veículo de comunicação que nos últimos dias aceitou o desafio de fazer parte da CNN Brasil. Ao menos outras três mulheres jornalistas decidiram fazer o mesmo caminho. Com quase 10 anos de Record TV, Larissa Alvarenga trabalhará em Brasília. No novo emprego, ela será repórter especial, tendo a missão de realizar coberturas sobre os três poderes. Ex-SBT RS, Bruna Ostermann será, contorme NOTICIADO pelo Coletiva.Net, correspondente da CNN Brasil em Porto Alegre…”

PARA LER A ÍNTEGRA, E CONHECER OUTRAS ATRAÇÕES DA CNN BRASIL, CLIQUE AQUI.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo