PesquisaPolíticaSaúde

NAS REDES. Após o coronavírus, menções negativas ao presidente Bolsonaro passam de 30% para os 41%

Da Redação do portal especializado Congresso em Foco, com imagens de Reprodução

Levantamento indica que o número de menções negativas no Twitter, Facebook, Instagram e Youtube ao presidente Jair Bolsonaro cresceu 11 pontos percentuais após a crise do coronavírus. As informações são de relatório (ÍNTEGRA) da plataforma de monitoramento online Torabit.

A plataforma acompanhou o comportamento nas redes sociais dos dias 6 de fevereiro a 17 de março. O intervalo compreende os 20 dias anteriores do primeiro caso da doença confirmado no Brasil e os 20 dias posteriores. Foram analisadas 4,1 milhões de menções nas redes sociais.

No intervalo de 20 dias anteriores do primeiro caso confirmado com coronavírus eram 27% de menções positivas, 30% de negativas e 43% neutras.

Nos 20 dias depois da primeira confirmação, as mensagens positivas em relação a Bolsonaro caíram para 21%, as negativas subiram para 41% e as neutras caíram para 38%.

Termos associados nas menções a Bolsonaro

No primeiro intervalo os termos mais comumente encontrados nas mensagens eram “folha, “imprensa”, “congresso” e “PT”. No segundo intervalo de tempo analisado os termos associados passaram a ser “impeachment”, “panelaço” e “coronavírus”…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Artigos relacionados

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo