EconomiaPrefeituraSaúde

COVID. Prefeitura faz 436 vistorias numa semana. E são mais de 50 notificações, inclusive por aglomeração

A maioria das notificações da semana foi contra bares, distribuidoras de bebidas e pessoas consumindo bebida alcoólica em via pública

Por JOÃO PEDRO LAMAS (texto) e JOÃO ALVES (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

A Prefeitura de Santa Maria, por meio da Fiscalização Integrada, realizou 436 vistorias na última semana como esforço de prevenção contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O período avaliado dá conta do dia 17 de julho até a última quinta-feira (23). Do total de fiscalizações realizadas, 56 resultaram em notificações por descumprimento das medidas sanitárias e de isolamento social que buscam a segurança da população em meio à pandemia, com uma interdição.

A Fiscalização Municipal Integrada avalia que a semana começou atípica, com a elevação das temperaturas, sinalização de que aumentaria o movimento junto de estabelecimentos comerciais, principalmente durante a noite.

“Tivemos a impressão, ao longo da semana, de que a população queria aproveitar ao máximo, conta o superintendente de Fiscalização da Secretaria de Estruturação e Regulação Urbana, Marcio Abbade Ohlveiler.

Frente a isso, a força-tarefa foi reforçada. O esforço é refletido em números. Na semana passada, houve 241 vistorias ao longo do mesmo número de dias considerados, quando, nesta semana, houve 436, um aumento de 195. Foram mais de 60 vistorias em academias e mais de 90 em salões de beleza. O objetivo era monitorar e orientar tanto o empreendedor quanto a população que usufrui desses serviços.

As maiores dificuldades voltaram a ser as aglomerações de pessoas em vias públicas, principalmente junto a estabelecimentos comerciais, envolvendo jovens e o período da noite. A Fiscalização Municipal Integrada aponta que havia muitas pessoas nas ruas e avenidas da cidade. A situação se torna um problema maior quando os estabelecimentos comerciais desrespeitam o horário de funcionamento permitido, principalmente durante a noite, o que ainda ocorre com frequência, mas os casos têm diminuído. Dezenove pessoas foram notificadas por ingerir bebida alcoólica em via pública, 18 distribuidoras de bebidas foram notificadas por ter responsabilidade em aglomerar pessoas ou desrespeitar o horário de funcionamento, e o mesmo ocorreu contra 15 bares.

Um bar localizado no Centro de Santa Maria precisou ser interditado na quinta-feira (23). Após diversas notificações do Executivo Municipal e reiteradas desobediências por parte do estabelecimento, a solução encontrada pela Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde para garantir a segurança da população foi a interdição.

“Diante da perspectiva do aumento significativo de casos da doença confirmados e da constatação do desrespeito das normas, vinculadas principalmente ao consumo de bebida e ao grande número de denúncias da população, estamos optando por penalidades mais duras, como a interdição feita ontem (quinta)”, explicou o superintendente da Vigilância em Saúde, Alexandre Streb.

A interdição que ocorreu é cautelar, ou seja, uma penalidade prevista pela legislação sanitária municipal com possibilidade de aplicação imediata, para casos em que a necessidade de cessar o risco à população é urgente.

O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) recebeu 679 denúncias nos últimos sete dias. Dessas, 517 eram relacionadas a aglomerações de pessoas.

“Cremos que, aos poucos, a população está começando a se policiar. Afinal, é para o seu próprio bem”, diz o superintendente Ohlveiler.

Até a tarde desta quinta-feira (23), estavam registrados, no Município, 1.043 casos confirmados de Covid-19. Vinte e quatro pessoas morreram em decorrência da doença. Há 6.088 casos suspeitos, com 2.558 descartados e 707 curados. Cabe à população respeitar as medidas de segurança para evitar que a doença se dissemine mais e, consequentemente, haja mais internações hospitalares e mortes.

Para denunciar

Os servidores foram preparados, têm domínio da legislação sanitária e dos decretos de isolamento social. Diariamente, estão nas ruas e avenidas da cidade realizando ações que buscam garantir a segurança da população por meio do cumprimento dos Decretos Executivos Municipais.

Denúncias de descumprimento das medidas podem ser feitas à Guarda Municipal pelos números 153, (55) 99217-8122, 99167-4728 e 99167-8452 (os celulares, somente via WhatsApp).

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo