InternetJornalismo

INTERNET. Facebook ameaça tirar do ar, da rede social, a página do portal satírico “Sensacionalista”

Da redação do portal PODER360, com imagens de Reprodução

O portal Sensacionalista anunciou nesta 2ª feira (13.jul.2o20) que o Facebook ameaçou tirar do ar o perfil da página na rede social por “violações contínuas dos padrões da comunidade”.

O site de humor publica, propositadamente, informações distorcidas, irônicas e de duplo sentido em alusão ou não a fatos.

Segundo o portal, o Facebook não deu maiores explicações sobre quais teriam sido essas violações.

“O Facebook precisa ser mais transparente em suas decisões. As páginas devem, no mínimo, receber informações detalhadas sobre qual regra está sendo infringida e não 1 link com informações genéricas”, afirmou o Sensacionalista, em comunicado.

O portal divulgou, ainda, que chegou a ser punido pelo Facebook por uma denúncia de “conteúdo falso”.

“Parece coisa do Sensacionalista, mas não tem graça”, completou, com ironia.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Começou nos EUA. Imprensa ameaçada pela perda de verbas de publicidade aliou-se aos anti-Trump para atacar redes sociais. Não, Zuckerberg não é santo.
    Problema todo é que se trata de empresa particular, liberdade de expressão é discutível. ´Questão relacionada, um grupo político que está longe de ser majoritário limita a comunicação de adversários políticos (ofensas e similares tem remédio no código penal). Acham bonito quando é no lombo do pessoal ‘do mal’, quando amanhã depois o pessoal ‘do mal’ forem eles irão chiar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo