Câmara de VereadoresDestaque

BASTIDORES. Aquisição local de vacinas, bandeira preta no Parlamento e imunização dos educadores

Marina Callegaro quer diretrizes para aquisição de vacinas contra a Covid-19

Marina: “Não podemos só esperar pelo Estado ou pela União, é preciso já termos um plano concreto (Foto Allysson Marafiga/Câmara)

Por Maiquel Rosauro

A vereadora Marina Callegaro (PT) protocolou nesta sexta-feira (26) um requerimento em que pede à Prefeitura de Santa Maria a elaboração de diretrizes para a aquisição de vacinas contra covid-19. O pedido de providências sugere também que o Executivo encaminhe ao Parlamento um projeto de lei com a alteração orçamentária para a compra dos imunizantes.

“Já questionei sobre isso (compra de vacinas) em reunião com o prefeito esta semana. Agora, estou oficializando o pedido. Não podemos só esperar pelo Estado ou pela União, é preciso já termos um plano concreto para adquirir as doses da vacina, caso seja necessário”, afirma Marina.

Segundo a petista, a iniciativa tem a intenção de pressionar a Prefeitura a tomar frente dessa discussão, seguindo também o que aconteceu na Assembleia Legislativa, que já aprovou o projeto de lei enviado pelo governo do Estado para compra das vacinas.

Educadores

O vereador Danclar Rossato (PSB) retirou de tramitação o Projeto de Lei 9193/2021, de sua autoria, que autorizava professores e funcionários das redes públicas e privadas a retornarem com as atividades presenciais escolares após a imunização contra covid-19 (AQUI).   

“Propomos a retirada da tramitação do referido processo afim de evitar tramitação de projetos de leis similares e o excesso de burocracia”, justifica o vereador.

Danclar se refere ao Projeto de Lei 9192/2021, de autoria de Luci Duartes – Tia da Moto (PDT), que insere os professores e funcionários da educação pública municipal, estadual e privada na lista de prioridade para o recebimento da vacina contra covid-19.

O socialista protocolou duas emendas ao projeto de Luci, incluindo o artigo de sua proposta que autoriza o prefeito a destinar parte dos lotes de vacina contra covid-19 aos educadores das escolas públicas e privadas do Município, de forma prioritária e emergencial.

Bandeira preta

A bandeira preta do modelo de Distanciamento Controlado freou a flexibilização das medidas internas contra covid-19, aprovadas quinta (25) no Parlamento de Santa Maria. Ao invés de trabalharem com mais assessores nos gabinetes e com público nas sessões presenciais, os parlamentares terão que atuar de casa.

O expediente no Poder Legislativo, na próxima semana, será das 13h às 19h, em home office. As sessões de terça (2) e quinta (4) ocorrerão a partir das 17h, de forma virtual.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo