DestaqueSanta Maria

BASTIDORES. Debandada da CPI do Independência, o dilema de Pacheco e o bola fora da TV Câmara

Givago Ribeiro e Roberta Pereira Leitão desistiram de apoiar CPI de Pacheco

Por Maiquel Rosauro

Os vereadores Givago Ribeiro (PSDB) e Roberta Pereira Leitão (PP), novatos no Legislativo de Santa Maria, aprenderam uma importante lição neste início de ano: é melhor reler um documento duas ou três vezes antes de assinar.

Nesta quinta-feira (18), ambos protocolaram requerimentos em que solicitam a retirada de suas assinaturas do pedido de autorização para abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que busca investigar o cumprimento dos termos previstos no processo licitatório do Shopping Independência.

Givago afirmou no requerimento que sua assinatura foi um equívoco. Já Roberta sustenta que mudou de ideia após analisar o requerimento com mais cautela.

O autor da proposta é o vereador Pablo Pacheco (PP), outro recém-chegado no Casarão da Vale Machado. Para que seja criada, a CPI precisa ser aprovada em plenário.

O dilema
Pablo Pacheco publicou em suas redes sociais, na noite desta quinta (19), um #tbt (hashtag usada para relembrar acontecimentos) junto com outros progressistas, todos armados. O que chama atenção não é a apologia as armas ou o pouco caso com medidas sanitárias, mas o contraste com outra imagem do parlamentar divulgada semana passada.

Durante o sorteio que ocorreu na Prefeitura e definiu as duas feiras eventuais, de natureza econômica, que poderão ser realizadas ainda neste ano no Município, Pacheco vestia uma camiseta que dizia “Van Hattem & Riesgo & Pacheco & Santa Maria”.

Marcel Van Hattem é deputado federal e Giuseppe Riesgo é deputado estadual, ambos filiados ao Novo, partido que Pacheco saiu para poder concorrer à vereança pelo PP. Um dia, o jovem parlamentar terá que escolher: ou volta para o Novo ou segue no PP.

Bola fora
O Legislativo de Santa Maria realizou, na manhã desta quinta, a segunda reunião da Comissão Representativa. O encontro não teve pauta, apenas discursos dos vereadores presentes. Cada parlamentar pode utilizar a tribuna por cinco minutos.

Quem acompanhava os discursos pelas redes sociais acabou se decepcionando. A transmissão foi interrompida abruptamente, ainda no começo e não retornou.

No Facebook, o Legislativo informou que transmissão caiu devido à instabilidade da internet, mas que era possível acompanhar a reunião pela tv aberta. A mesma publicação indicava que, ao término do encontro, seria possível conferir a reunião na íntegra no YouTube. Porém, até o fim da noite desta quinta, o vídeo ainda não havia sido disponibilizado.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Que belo exemplo aos bolsonaristas em que nada representam o PP! Além de não saberem o que assinam, fazem apologia a violencia! Que barraco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo