DestaqueEleições 2022

ELEIÇÕES. Encrenca do MDB/RS só será resolvida mesmo em convenção e não na reunião do Diretório

Partido está dividido, mas caminha para rejeitar a aliança com Eduardo Leite

Eduardo Leite visitou o prefeito de Porto Alegre, o emedebista Sebastião Melo, no Paço Municipal (Foto Mateus Raugust/PMPA)

Reproduzido do Site do Correio do Povo / Texto da colunista Taline Oppitz

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), recebeu terça-feira, no Paço Municipal, o pré-candidato ao Piratini pelo PSDB, Eduardo Leite. Segundo relato de Melo, a conversa girou em torno de pautas de interesse do Rio Grande e do Brasil. “Respeitosamente, reafirmei minha posição pessoal pela candidatura própria do MDB. Mas, obviamente, a decisão será da convenção estadual”, escreveu Melo nas redes sociais.

A deixa foi dada pelo prefeito em sua manifestação. Apesar de o presidente estadual do MDB, Fábio Branco, ter marcado para o próximo domingo, às 10h, reunião do diretório estadual para definir, no voto, entre a manutenção da candidatura própria e o apoio a Leite, ala de emedebistas históricos sustenta que apenas a convenção tem poder de decisão. “A posição do diretório tem força política, mas apenas o resultado da convenção é legalmente decisivo”, disse uma liderança do partido à coluna.

Na prática, este grupo, que desde o início foi contra a forma de escolha de Gabriel Souza como pré-candidato, por meio do diretório, irá, agora, sustentar a postura. Antes internamente ameaçada, a pré-candidatura de Gabriel não corre riscos considerando os adversários internos, que têm agora, como missão, inviabilizar o apoio a Leite, mesmo com os riscos que assumirão. Dirigentes e líderes deste grupo têm consciência de que sem recursos nacionais, e com o MDB isolado, o partido não tem chances de chegar ao segundo turno. Mais do que isto. As previsões envolvendo as proporcionais não são nada otimistas. A estimativa é a de eleger cerca de cinco deputados. 

“O estrago está feito”
No caso cada vez mais improvável de o diretório estadual do MDB recuar no próximo domingo e aprovar o apoio a Eduardo Leite, a convenção do partido, marcada para o dia 31 de julho, será palco de embate. Se o cenário se confirmar, já está montada a estratégia de lançar o nome do vereador Cezar Schirmer como candidato visando impedir a união com Leite. “O estrago está feito. Se apoiarmos o Leite, o racha será estrondoso e ficará impossível reunificar o partido”, disse um emedebista à coluna. 

PARA LER NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo