CulturaPartidosPolítica

MÚSICA? POLÍTICA? Para Luciano Ribas, o rock cura tudo, exceto a “cruza de arenistas com comunistas”

Para esse retorno ao melhor site de política e notícias do Rio Grande do Sul, eu havia pensado em revelar que tenho alguns poucos genes (bem recessivos, felizmente) arenistas. Falaria do meu avô paterno, Venâncio Pinto Ribas, membro do velho PSD e dos seus sucessores, Arena e PDS, buscando conjecturar sobre suas reações à possível coligação da sigla que atualmente “traduz” a direita agrária e conservadora gaúcha, o PP, com os comunistas do PC do B.

Mas tive pena do velho Venâncio. Ele, que morreu antes de ver a milicada ser apeada do poder, deixou a vida convicto da ideologia que abraçou – coisa de família, aliás, visto que seu pai, Gerôncio Pinto Ribas, foi figura importante do Partido Republicano Rio-grandense e do castilhismo/borgismo em São Martinho da Serra – quando ser republicano era ser progressista verdadeiramente. Ver a senadora Ana Amélia dando uma de…”

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do artigo “Ruim da cabeça, doente do pé”, de Luciano Ribas, que volta a ser colaborador habitual deste sítio. Ele foi postado há instantes, na seção “Artigos”. Boa leitura!

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo