NÃO CUSTA LEMBRAR. Deputado petista acreditava que STF barraria impeachment e que Temer não trairia

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 12 de dezembro de 2015, sábado:

CÂMARA. Pimenta quer STF agindo contra Cunha. E duvida que Michel Temer seja capaz de ato de traição

Uma entrevista bastante interessante, publicada originalmente na versão online da revista Carta Capital, coloca o santa-mariense Paulo Pimentacomo um dos protagonistas da política nacional. No material, o parlamentar petista afirma que Eduardo Cunha usa a Presidência da Câmara dos Deputados em benefício próprio, por exemplo.

Além de bater duro em Cunha, por conta das manobras do peemedebista para adiar a votação sobre o seu processo de cassação no Conselho de Ética, e acreditar que “já passou da hora de o STF e o Ministério Público se manifestarem”, Pimenta fala sobre as ações do vice-presidente Michel Temer. E aí… Bem, vale conferir a reportagem assinada por  Débora Melo. A seguir:

Passou da hora de o STF se manifestar contra Cunha, diz Paulo Pimenta

…As manobras do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para impor suas regras ao funcionamento da Casa se tornam cada vez mais evidentes. Especialista em encontrar brechas no regimento interno da Casa, Cunha usa seu poder e um grupo de aliados para impedir, inclusive, o livre funcionamento do Conselho de Ética, que há sete sessões tenta, sem sucesso, votar um relatório que pode resultar na cassação de seu mandato…”

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI                         

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, é mais crível supor que o deputado santa-mariense, um político reconhecido pela sagacidade, estivesse ironizando. Ou, então, acreditava em duendes, além da fidelidade de Temer.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *