COLUNA. Luiz Roese: Kiss e o recurso dos bombeiros, consórcio regional, muro do quartel, rua do Patronato

COLUNA. Luiz Roese: Kiss e o recurso dos bombeiros, consórcio regional, muro do quartel, rua do Patronato

COLUNA. Luiz Roese: Kiss e o recurso dos bombeiros, consórcio regional, muro do quartel, rua do Patronato - Luiz-consórcioConsórcio Intermunicipal da Região Centro terá concurso

Por LUIZ ROESE (*)

O Consórcio Intermunicipal da Região Centro (CIRC), que nasceu para tratar só de questões ligadas à saúde e depois ampliou um pouco sua área de atuação, abrirá um concurso com três vagas – uma de auxiliar administrativo (salário de R$ 1.844,68, para Ensino Médio), uma de técnico em contabilidade (salário de R$ 1.844,68, para Ensino Médio + Curso Técnico em Contabilidade) e uma de assessor jurídico (salário de R$ 2.736,41, para Ensino Superior + registro no conselho). Será também para cadastro reserva de oficial administrativo (salário de R$ 2.736,41, para Ensino Superior) e contador (salário de R$ 5.593,72, para Ensino Superior + registro no conselho). O concurso deve sair daqui a três ou quatro meses.

O consórcio já andou mais envolvido com o Hospital Regional de Santa Maria. O ex-prefeito de Santa Maria Cezar Schirmer foi seu presidente em 2002. A sede do conselho é no bairro Nossa Senhora de Lourdes.

COLUNA. Luiz Roese: Kiss e o recurso dos bombeiros, consórcio regional, muro do quartel, rua do Patronato - Luiz-samuelRua Samuel Kruschim, no Bairro Patronato, ganhará pavimentação e outras obras

Pelos próximos seis meses, a Rua Samuel Kruschim (acima), no Bairro Patronato, em Santa Maria, terá obras de pavimentação, drenagem pluvial e iluminação pública. Serão investidos mais de R$ 500 mil pela prefeitura de Santa Maria.

COLUNA. Luiz Roese: Kiss e o recurso dos bombeiros, consórcio regional, muro do quartel, rua do Patronato - Luiz-bombeirosBombeiros condenados por improbidade no Caso Kiss vão recorrer

Dois bombeiros condenados em Santa Maria no caso da tragédia da Boate Kiss, na esfera cível, vão recorrer ao  Tribunal de Justiça do Estado (TJ/RS). Em março de 2019, a Justiça do Rio Grande do Sul condenou o ex-comandante do Comando Regional de Bombeiros de Santa Maria Moisés da Silva Fuchs e o ex-chefe da Seção de Prevenção de Incêndio Alex da Rocha Camillo por improbidade administrativa. Outros dois bombeiros foram absolvidos.

Conforme a decisão da juíza Traudeli Iung, da 4ª Vara Cível da Comarca de Santa Maria, a condenação é devido aos dois terem deixado de exigir expedição de alvarás e Certificado de Treinamento de Pessoal, que deveriam ter sido providenciados pelos proprietários da boate que pegou fogo no dia 27 de janeiro de 2013 e deixou 242 mortos e outras 600 pessoas feridas.

Os réus tiveram os direitos políticos suspensos por três anos, além de terem sido proibidos de contratar ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de três anos junto ao poder público. Os dois também foram condenados ao pagamento de multa.

COLUNA. Luiz Roese: Kiss e o recurso dos bombeiros, consórcio regional, muro do quartel, rua do Patronato - luiz-quartelMuro do Exército que desabou terá conserto por R$ 398 mil

O muro que desabou nos fundos da 6ª Brigada de Infantaria Blindada, na Avenida Liberdade, será reparado por R$ 398 mil. A contratação da empresa foi por dispensa de licitação. O incidente foi provocado pelas fortes chuvas de 4 de abril.

(*) Luiz Roese é Jornalista. Ele vive outra vez na boca do monte, após um lapso de tempo em que retornou a Porto Alegre, depois uma dúzia de anos em Santa Maria – onde se aquerenciou no início do século e atuou profissionalmente nos jornais Diário de Santa Maria e A Razão. Ele é colunista deste site, escrevendo às quintas-feiras.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *