Artigos

8º Seminário Educação em Foco e a escola no cenário pós-pandêmico- por Juliana Corrêa Moreira

Diante do quadro que se apresenta nas escolas, uma discussão sobre o futuro

Por se tratar de uma prática humana complexa, histórica e socialmente situada, a Educação foi uma das atividades mais afetadas pelo contexto imposto pelo crescente avanço da COVID-19.

Desde março de 2020, quando as escolas precisaram ser fechadas e o distanciamento social se fez necessário para proteger a nossa saúde e até mesmo as nossas vidas, professores e professoras mergulharam em um cenário de medos, angústias e incertezas.

Como garantir o direito a Educação de milhares de crianças, jovens e adultos? Como dar continuidade aos seus processos de aprendizagem sem a presença física na escolar?

Naquele momento, o caminho que encontramos para buscar respostas foi o da formação. Somos professores! Trabalhamos com ciência e conhecimento. Aprender e nos aperfeiçoar constantemente também é parte de nosso ofício. Foi por meio de um intenso processo formativo que dialogamos, refletimos e construímos estratégias que nos ajudaram a superar até aqui os desafios que nos foram impostos pelo contexto pandêmico.

O caminho que juntos trilhamos neste último ano trouxe reflexões importantes acerca do papel de cada um dentro da dinâmica educativa – gestores, professores, famílias.

O que ficou de tudo o que vivemos? Como iremos nos movimentar dentro da nova realidade que se apresenta dentro de nossos espaços de trabalho, com o retorno gradual do atendimento presencial aos estudantes?

É fato que a escola não será a mesma. De certa forma, estaremos pisando em um novo território e, mais uma vez, precisamos estar juntos e dialogar para a construção dessa nova etapa.

É nesse sentido que o Sinprosm promove, a partir do dia 2/8, a oitava edição do Seminário “Educação em Foco”, que este ano traz como tema principal “Educação na Contemporaneidade: para que(m) serve a escola?”.

O seminário foi pensado e organizado com a participação dos professores da rede municipal, desde o tema central até as temáticas a serem debatidas nas conferências, e revelam suas preocupações e anseios frente aos novos desafios que se anunciam, abordando aspectos que vão desde o contexto das políticas públicas, que afeta o nosso trabalho e vida funcional, até questões pedagógicas e de saúde mental.

Assim como em março de 2020, estamos novamente diante de um caminho que ainda é incerto e, para muitos, bastante assustador. Mais uma vez, buscaremos em nossos percursos formativos a força que precisaremos para superar as dificuldades que certamente surgirão.

Deste modo, esperamos que o VIII Seminário Educação em Foco contribua para que possamos traçar novas rotas e para que voltemos a pisar com confiança no chão da escola, junto de nossos colegas, crianças e estudantes.

(*) A Professora Juliana Corrêa Moreira é coordenadora de Finanças do Sindicato dos Professores Municipais (Sinprosm) e organizadora do 8º Seminário Educação em Foco.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo