CÂMARA. Edis gastaram R$ 36 mil com telefones no primeiro semestre. Confira o gasto de cada vereador

CÂMARA. Edis gastaram R$ 36 mil com telefones no primeiro semestre. Confira o gasto de cada vereador

CÂMARA. Edis gastaram R$ 36 mil com telefones no primeiro semestre. Confira o gasto de cada vereador - maiquel-câmara-telefones

Nos primeiros seis meses do ano, edis gastaram R$ 36 mil com cota de telefone – um fixo e um smartphone com acesso à internet

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Allysson Marafiga/AICV), da Equipe do Site

Para o exercício do mandato, os vereadores de Santa Maria contam com uma cota anual de telefone no valor de R$ 6,6 mil (R$ 550,00 mensais), que incluiu um aparelho fixo no gabinete e um smartphone funcional com plano de internet. No primeiro semestre deste ano, os parlamentares gastaram R$ 36.293,71 com o benefício.

O vereador mais econômico com a cota é o Juliano Soares – Juba (PSDB), com um gasto total de R$ 685,07 nos primeiros seis meses de 2019. Por outro lado, Valdir Oliveira (PT) foi quem mais gastou: R$ 2.800,81. Ou seja, no mesmo período, o petista teve um gasto quatro vezes superior ao tucano em telefonia.

Embora os dados obtidos pelo site via Lei de Acesso à Informação compreendam apenas um semestre, os números não chegam a surpreender, já que tanto em 2017 quanto em 2018 Juba foi quem mais economizou telefone e Valdir quem mais gastou. No total, em 2017 os vereadores gastaram com R$ 78.871,32 com telefonia (AQUI) e, em 2018, o valor total fechou em R$ 82.567,06 (AQUI).

Sem celular

Dos atuais 21 vereadores, apenas Vanderlei Araujo (PP) abriu mão completamente do uso do celular fornecido pela Câmara. Seus gastos com telefonia (confira no fim da matéria) dizem respeito somente ao aparelho fixo de seu gabinete.

Troca-troca

Três vereadores dividem os gastos de telefonia com seus substitutos: os tucanos André Domingues e João Ricardo Vargas (Vargas reassumiu seu assento na segunda quinzena de maio), os emedebistas Francisco Harrisson e Cezar Gehm (Gehm assumiu em fevereiro) e os também tucanos João Chaves e Lorena Santos (Lorena voltou à Câmara em março).

Novos aparelhos

Em junho, os vereadores receberam novos smartphones. Os celulares Samsung Galaxy S7 foram substituídos por aparelhos LG K11 Plus (com chips em plano de comodato pós-pago). A licitação de telefonia móvel foi vencida pela operadora Vivo, no valor total de R$ 37.196,64 (AQUI).

E precisa mesmo?

Ninguém discute a necessidade de um telefone fixo nos gabinete dos parlamentares, mas o uso de smartphones com internet pago com dinheiro público é um assunto à parte. Em novembro do ano passado, o então vereador Francisco Harrison (MDB) – hoje secretário municipal de Saúde – encaminhou à Mesa Diretora um requerimento pedindo a suspensão do benefício. Porém, a proposta foi rejeitada (AQUI).

Cota telefone no primeiro semestre de 2019

Vereador / Gasto (fixo + celular)

Valdir Oliveira (PT) / R$ 2.800,81

Jorge Trindade – Jorjão (REDE) / R$ 2.661,01

Deili Silva (PTB) / R$ 2.555,08

Ovídio Mayer (PTB) / R$ 2.544,20

Luci Duartes – Tia da Moto (PDT) / R$ 2.351,62

Luciano Guerra (PT) / R$ 2.136,06

Manoel Badke – Maneco (DEM) / R$ 2.055,33

João Kaus (MDB) / R$ 1.960,39

Cida Brizola (PP) / R$ 1.856,43

Marion Mortari (PSD) / R$ 1.823,04

Alexandre Vargas (PRB) / R$ 1.739,20

André Domingues – Deco (PSDB) e João Ricardo Vargas (PSDB) / R$ 1.513,98

Adelar Vargas – Bolinha (MDB) / R$ 1.441,02

Daniel Diniz (PT) / R$ 1.437,17

Vanderlei Araujo (PP) / R$ 1.418,17

Celita da Silva (PT) / R$ 1.220,69

Lorena Santos (PSDB) e João Chaves (PSDB) / R$ 1.181,87

Admar Pozzobom (PSDB) / R$ 1.013,64

Cezar Gehm (MDB) e Francisco Harrisson (MDB) /R$ 1.008,72

Leopoldo Ochulaki – Alemão do Gás (PSB) / R$ 890,21

Juliano Soares – Juba (PSDB) / R$ 685,07

Total / R$ 36.293,71



1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *