RETROSPECTIVA. Um debate tenso e pesquisas que seriam controversas – a 7ª nota mais acessada do ano

RETROSPECTIVA. Um debate tenso e pesquisas que seriam controversas – a 7ª nota mais acessada do ano

RETROSPECTIVA. Um debate tenso e pesquisas que seriam controversas – a 7ª nota mais acessada do ano - retro-7Pois essa nota deu muito o que falar. Sobretudo nos dias posteriores, já com o resultado da eleição conhecido. Mas, naquele momento, a madrugada de 29 de outubro, sábado, véspera do segundo turno do pleito municipal, provocou muito furor.

Afinal, além de um debate muito tenso entre os contendores finalistas do pleito municipal, surgia o resultado de duas pesquisas. Foi um barraco e tanto, principalmente porque uma delas, constatou-se depois, estava muito equivocada. Mas, e a nota? É esta:

CAMPANHA. Debate final tem acusações mútuas e empate sem gols. Pesquisas colocam petista na frente

Palavras de uma internauta, no meio do confronto televisivo entre Jorge Pozzobom e Valdeci Oliveira:

“Será que isso é um debate ou um show de acusações??!!”

O fato é que houve, sim, uma tentativa clara de polemizar, proposta inicialmente pelo candidato tucano, que se manteve, na medida do possível, na ofensiva. Do outro lado, com a mesma legitimidade, o petista enumerou suas iniciativas quando prefeito, se esquivando das cascas de banana. Mas, a determinada altura, também procurou retribuir acusações do adversário.

Pozzobom, com ainda mais ênfase do que fizera no debate da última segunda-feira, na Cacism, atacou. E só falou meeeesmo (supõe-se que seus estrategistas imaginam ser essa uma boa alternativa) é no PT, partido de Valdeci. Aliás, falou mais no partido que no próprio adversário. Vai funcionar? Não se sabe.

Acusado de “manipulador” de informações e números, Pozzobom teve contra si as informações sobre os votos dos vereadores e dele próprio, em favor de propostas do petista – inclusive, por exemplo, na questão das contas municipais (apontadas pelo Tribunal de Contas) e do Centro de Eventos…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *